sábado, 7 de setembro de 2019

Percepção & dor

Pensamentos inspirados por imagens do artista Joey Guidone

Quem vê um corpo aparentemente são pode não ser capaz de perceber uma mente se afogando em desespero e dor.

Os afogados buscam saída na fuga:
há aqueles que, para tanto, escalam arriscados cumes.

Outros tantos tratam de garantir o afogamento. Dose a dose a dose a dose...

Voltando à triste realidade, são exteriorizadas as lágrimas que, não raro, brotam de um belo jardim interior.

Nos rascunhos da vida, nas palavras, mesmo em meio às dores, muitos costumam se encontrar.

A folha branca, dupla funcionalidade, ganha e traz sentido. O que a princípio está contido no papel ganha o mundo do autor.

Há quem busque, em valiosas fontes, mergulhar.

Querem abrir novas portas; 
pretendem a outros lugares chegar.

Quem encontra alegria, satisfação e paz em luz aos outros levar mesmo em meio à tempestade e à escuridão não se deixa incomodar.

Já quem passa a ouvir e / ou a sentir a perfeita sinfonia do universo dificilmente cede aos ruídos.

Seja como for, trata-se de com o que é bom, puro e natural se reconectar.

4 comentários:

  1. Lindo, desde as imagens até a mensagem passada! Beleza! Temos que sempre nos conectar ou reconectar com o bem ! abraços, chica

    ResponderExcluir
  2. Afinal, é para isso que aqui estamos, não é mesmo? Como no final do teu texto. Expandir a alma para que nela caiba mais do Universo imenso ao nosso redor, aprender, orientar-se olhando, dentro e fora. Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. Muito linda e verdadeira a mensagem que nos passa em seu brilhante poema
    A vida está aí cheia de desafios que precisam ser vencidos e ou contornados e nos conectarmos às energias cósmicas nos fortalece
    Um feliz domingo
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi, Jonatas!

    Tudo bem?

    Um mega post, k me pôs a refletir.
    A vida tem imensas "ratoeiras" e mtos caem lá dentro.
    É preciso sair delas ou nem sequer nelas entrar.

    O Universo nos ajudará a fazer a reconexão perfeita.

    Abraços.

    ResponderExcluir

Deixe registrada aqui a sua opinião / comentário: